Afinal, as bactérias não esperam 5 segundos para infectar a comida no chão

left-hand / Flickr

-

Um grupo de investigadores americanos concluiu que a “regra dos cinco segundos” é, na verdade, um mito perigoso, porque a contaminação de um alimento que cai numa superfície com bactérias pode acontecer em menos de um segundo.

A “regra dos cinco segundos” é uma espécie de lenda urbana que defende que, se a comida ficar no chão apenas por alguns segundos, não acumulará germes que a tornem imprópria para o consumo.

Vários cientistas têm defendido esta teoria. Mas, agora, investigadores da Universidade Rutgers vieram confirmar que não existe um tempo tolerado para que a comida possa ficar numa superfície com bactérias, porque a contaminação é instantânea e aumenta conforme o tempo de contacto.

Segundo o estudo publicado na Applied and Environmental Microbiology, a transferência de bactérias começa assim que o alimento atinge o chão e, quanto mais tempo o alimento permanecer na superfície, mais bactérias poderão alcançá-lo.

Os cientistas defendem que a contaminação é influenciada pelo tipo de alimento – quanto mais húmida for a comida, mais rapidamente será infetada por bactérias.

As bactérias não têm pernas, movem-se com a humidade, e quanto mais húmida for a comida, maior é o risco de transferência”, afirmou Donald Schaffner, um dos autores do estudo.

Dos alimentos testados pela equipa, uma melancia foi contaminada por mais bactérias do que uma goma, ou seja, mesmo que nenhum alimento esteja 100% seguro depois de cair no chão, alguns apresentam vantagens sobre os outros.

Os especialistas descobriram ainda que o tipo de superfície também interfere na quantidade de bactérias que se infiltram na comida.

O aço inox parece ser a opção mais limpa mas, na verdade, os tapetes são a opção mais segura — em relação ao aço, cerâmica e madeira — provavelmente porque a textura minimiza o contacto com o chão.

De acordo com o especialista em germes Charles Gerba, da Universidade do Arizona, quando alguém come algo que caiu no chão “é como se estivesse a lamber as solas dos sapatos“.

“Mesmo que o chão esteja limpo ou a pessoa não use sapatos dentro de casa, não dá para ter a certeza de que não há quaisquer germes ali porque as bactérias são microscópicas e não conseguem ser vistas a olho nu”, adiantou.

Os especialistas afirmam que a maioria dos germes provavelmente não irá deixá-lo doente – mas é melhor pensar duas vezes antes de apanhar aquele alimento que caiu ao chão.

BZR, ZAP

3 COMENTÁRIOS

  1. Nem são 5 segundos, nem é 1 segundo. É instantâneo. É que fica logo lixeira agarrada à comida, poeira que está no chão, cabelos, cuspidelas secas, e muitas outras impurezas. Se deixar cair em casa, na cozinha uma bolacha, ainda penso em apanha-la e comê-la sem crise.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here