Análise ao Sony Xperia Z1 – serão suficientes as specs?

O Sony Xperia Z não foi a estrela mais cintilante do firmamento, mas foi um dispositivo sólido e bastante competente. O Sony Xperia Z1 é o seu sucesso, mas será que tem o que é necessário para ir mais além?

 

Com o objetivo de colocar o Xperia Z1 no topo, a Sony apostou na inclusão de uma câmara que prometia ser uma das melhores do mercado. Mas este está longe de ser o único atributo deste smartphone.

A combinação de specs de elevado nível com a melhoria do software, torna o Sony Xperia Z1 uma escolha bastante válida, mas será que é suficiente para nos convencer?

Vamos ver…

smartphone sony xperia z1

Design

Em termos estéticos, não encontramos muitas diferenças entre o Xperia Z e o Xperia Z1. A principal diferença é a moldura de alumínio de dois tons que une a parte frontal e traseira.

Com 169 gramas, Z1 é substancialmente mais pesado do que os pesados do mercado Android. O Samsung Galaxy S4 pesa apenas 130 g e o HTC One pesa 143 g.

Em termos de espessura, este dispositivo situa-se entre o Galaxy S4 (7.9 mm) e o HTC One (9.3 mm), com 8.5 mm.

No que diz respeito ao posicionamento das portas, a Sony introduziu algumas alterações relativamente ao modelo anterior.

A entrada dos headphones mantém-se no topo, mas deixou de estar protegida pela “tampa” plástica.

No lado esquerdo do dispositivo encontramos a entrada de carregamento wireless, a entrada microSD e uma porta micro USB.

Já no lado direito temos a entrada microSIM, um botão “Power” agora mais pequeno, o controlo de volume e um botão dedicado da câmara.

As “tampas” plásticas que tantas críticas mereceram são na verdade essenciais para garantir que o dispositivo é realmente “à prova de água”, como afirma a sua certificação IP58.

Segundo a Sony, o Xperia Z1 aguenta a 30 minutos debaixo de 1 metro de água, É claro que este é um teste que não fizemos, nem sugerimos aos nossos leitores que o façam.

Contudo, é bom saber que o nosso dispositivo pode sobreviver a pequenos acidentes.

Com um ecrã de 5 polegadas, o Z1 tem que ser considerado um “grande telemóvel”, contudo consegue ser surpreendentemente elegante.

Ecrã

O calcanhar de Aquiles do Xperia Z foi desde logo o seu ecrã. Apesar dos esforços da Sony, este continua a ser o principal aspeto negativo do Z1.

A incorporação da tecnologia utilizada na linha de televisões Bravia continua a não convencer completamente no ecrã capacitativo de 5 polegadas do Xperia Z1.

Este equipamento apresenta uma resolução Full HD 1080p, e inclui as tecnologias Triluminos e X-Reality.

A incorporação da tecnologia proveniente dos televisores Bravia tem um lado positivo e um lado negativo.

Pela positiva destacamos a excelente experiência que é ver filmes 1080p no Sony Xperia Z1.

Quando olhamos diretamente para um vídeo com esta resolução, dificilmente conseguimos não ficar surpreendidos pela riqueza das cores.

Contudo, quando utilizamos o dispositivo de uma forma mais ativa, facilmente constatamos que o ângulo de visão é algo limitado, o que é uma desilusão num equipamento desta gama.

xperia z1 android

Hardware

Em termos de hardware é notório o esforço despendido pela Sony, para elevar o Z1 ao nível do melhor que existe no mercado.

No coração deste smartphone Android encontramos um processador quad-core Qualcomm Snapdragon 800 a 2.2 GHz e GB de RAM.

Em termos práticos, o hardware do Sony Xperia Z1 garante uma performance estável, sem qualquer evidência de lags.

Os aficionados dos jogos mais exigentes não terão certamente dificuldade em correr de forma fluída dos seus jogos favoritos.

Apesar de não o termos experienciado, diversos utilizadores e reviewers afirmam que o Xperia Z1 aquece de forma substancial durante as sessões de jogos.

Este excessivo aquecimento pode ser frustrante, já que impede que os utilizadores possam utilizar algumas funções do equipamento, como a câmara.

A autonomia do Sony Xperia Z1 é garantida por uma bateria de 3000 mAh. A conjugação de uma boa bateria com um software de gestão de energia bem trabalhado garante um tempo de duração da bateria bastante agradável.

O modo Stamina permite ao utilizador escolher as definições de energia mais adequados para a utilização que dá ao dispositivo.

Software

Como é habitual nos dispositivos lançados pela Sony, este Z1 vem equipado com uma longa seleção de aplicações.

O próprio Android 4.2.2 (o sistema operativo que vem por padrão com este smartphone) apresenta-se personalizado com uma skin da Sony.

As principais novidades dizem respeito à forma como o utilizador acede aos conteúdos multimédia. A aplicação Sony Walkman, a galeria de fotos e o reprodutor de vídeo são alguns exemplos daquilo que foi melhorado no Z1.

Todas estas aplicações revelam-se agora mais funcionais, contribuindo para melhorar a experiência do utilizador.

O teclado que a Sony inclui no Sony Xperia Z1 cumpre a sua função, oferecendo as funcionalidades que hoje são essenciais, como a predição.

smartphone android xperia z1

Câmara Fotográfica

A câmara do Z1 é na teoria um dos seus aspetos mais atrativos. Em relação ao Xperia Z, o saltou de 13 MP para 20.7 MP. O sensor também cresceu para 1/2.3 polegadas.

Será esta a melhor câmara fotográfica do universo dos smartphones? Não, na verdade não é.

Tal título continua entregue ao Nokia Lumia 1020 que continua a jogar noutro campeonato, no que à fotografia diz respeito.

Recorde-se que a câmara do Lumia 1020 tem um sensor de 41 MP, ótima Carl Zeiss Tessar com 6 lentes e um sensor 1/15 polegadas, entre outros atributos.

É claro que a câmara do Sony Xperia Z1 é uma excelente câmara para um smartphone, estando até ao nível de muitas câmaras compactas.

As suas lentes Sony G e o processador de imagens Bionz possibilitam ótimos resultados, mas nem tudo é perfeito nesta câmara.

O modo “Superior Auto” oferece um modo automático mais eficiente do que é comum neste tipo de câmara, dispensando que os utilizadores tenham que andar a saltar de modo em modo.

Pela negativa, destacamos o desempenho do Z1 em condições de pouca luminosidade, com o ruído a surgir facilmente.

Avaliação Final

O Sony Xperia Z1 é um smartphone apetecível. O esforço da multinacional sediada em Tóquio para aproximar este dispositivo dos líderes do mercado é assinalável.

Aspetos como a melhoria da duração da bateria, o design agradável e a qualidade do software jogam a favor do Z1.

Contudo, a câmara fotográfica não está exatamente ao nível das expetativas e o ecrã também é algo desapontante.

    Prós

  • Boa autonomia
  • Desempenho
  • Software próprio
    Contras

  • Desempenho da câmara em condições de fraca luminosidade
  • Ângulos de visualização do ecrã

Foto: Baixaki

Categoria:Análises

Etiquetas:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigo por: André Alface

Junto à praia há mais tempo para escrever e até a tecnologia ganha outro colorido e outra vivacidade. Encontram-me por aqui, sobretudo a escrever sobre as novidades do mundo Android.