Cabaz Português online nos EUA em janeiro

Presunto de Setúbal (foto: Poco a poco / wikimedia)

Presunto de Setúbal (foto: Poco a poco / wikimedia)

Uma nova loja ‘online’ chamada “Portuguese Basket” (“Cabaz Português”) vai disponibilizar a partir de Janeiro mais de cinco mil produtos portugueses aos consumidores dos Estados Unidos através da Internet.

“Vamos ter disponíveis mais de cinco mil artigos portugueses, entre produtos de alimentação, livros, CDs, DVDs, louça, artigos de desporto, doces e muitos outros”, afirmou o autor do projecto, Pedro Pires, à agência Lusa.

O luso-americano indicou que a empresa terá um pequeno armazém para os produtos mais procurados, mas que o negócio será sobretudo possível através da associação a parceiros locais, como os supermercados Seabra ou a loja de desporto Pegasus, em New Jersey.

“Tive esta ideia em sucessivas viagens à Flórida e a outros estados, quando me apercebi de que não era possível comprar enchidos, queijo da serra, revistas, jornais e outros produtos e portugueses a que estava habituado”, explica o empresário.

O jovem de 21 anos nunca tinha experimentado essa sensação, porque nasceu e vive em Newark, em New Jersey, onde existe uma grande comunidade portuguesa, mas começou a falar com amigos e percebeu que era algo muito comum.

“Tenho amigos em muitos estados americanos e do que eles mais se queixam é da falta de alimentação portuguesa”, apontou.

O pagamento será feito através de Paypal ou cartão de crédito e a empresa compromete-se com uma entrega num prazo de entre três a cinco dias.

Pedro Pires explica que “um dos objectivos é responder em poucas horas aos pedidos das pessoas, mesmo que os artigos não estejam na lista de vendas.”

O “Portuguese Basket” será lançado no dia 1 de Janeiro, mas já está presente nas redes sociais.

|  Parlamento vai debater fim das “letrinhas” que escondem cláusulas contratuais

“Tivemos uma enorme recepção assim que anunciámos a ideia”, explica o estudante de gestão desportiva.

O luso-americano acredita que os portugueses a residir nos Estados Unidos “estão ávidos de produtos portugueses.”

/Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here