Dois milhões de carros com defeito no airbag novamente chamados a revisão

Yuankuei Cheng / Flickr

-

As autoridades dos Estados Unidos chamaram à revisão mais de dois milhões de viaturas da Toyota, Chrysler e Honda pela segunda vez, devido a defeitos no sistema de ‘airbags’, que podem inflar inadvertidamente com o carro em andamento.

A Autoridade Nacional de Segurança do Tráfego Rodoviário, NHTSA, comunicou este sábado ter emitido a chamada à revisão, na sequência da inesperada colocação de ‘airbags’ em cerca de 40 viaturas que tinham sido já reparadas no âmbito de uma anterior recolha.

Todos os 2,12 milhões de veículos envolvidos na última chamada à revisão foram avisados já da nova chamada devido ao problema.

“Infelizmente, é complicado para os clientes, que podem ter que regressar ao seu concessionário mais de uma vez”, afirmou o chefe da NHTSA, Mark Rosekind, alertando que para a “urgente questão de segurança”.

Cerca de um milhão de veículos Toyota e Honda alvo da última chamada à revisão foram também visadas por recolhas idênticas envolvendo os ‘airbags’ Takata, que podem inflar inadvertidamente e causar graves ferimentos ou mesmo morte.

A nova chamada envolve os modelos Acura MDX, Dodge Viper, Jeep Grand Cherokee e Liberty, Honda Odyssey, Pontiac Vibe, Toyota Corolla, Toyota Matrix e Toyota Avalon, fabricados no início da década de 2000.

Cerca de 20 milhões de viaturas produzidas por alguns dos maiores fabricantes automóveis do mundo foram chamados à oficina devido ao risco dos ‘airbags’ da empresa japonesa Takata, um dos principais fabricantes do mundo destes sistemas.

Defeitos nos ‘airbags’ da Takata têm sido ligados à ocorrência de cinco mortes e de centenas de feridos.

/Lusa

|  Iggy Pop e o pai, só para adultos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here