Especificações gerais

Rede 2G GSM 850 / 900 / 1800 / 1900
Rede 3G HSDPA 900 / 1700 / 2100
SIM Mini-SIM
Anunciado 2011, Fevereiro. Lançado a 2011, Maio
Lançado Descontinuado
Dimensões 195.4 x 122 x 13.2 mm (7.69 x 4.80 x 0.52 in)
Peso 420.8 g (14.82 oz)

ver mais

{link:http://www.mobilegazette.com}Mobilegazette.com{/link}

Se é fã de tablets Android com 7 polegadas, então temos boas notícias para si. Este tablet que dá pelo nome de HTC Flyer, apresenta um ecrã com boa qualidade de imagem, possibilidade de gravação de vídeo HD, uma caneta física – de nome Scribe Pen mas que tem de ser comprada à parte (52 euros a 18/04/2012) – que lhe abre os horizontes da sua utilização em notas e a costumização, já habitual, da interface por parte da HTC. Por isto tudo, e umas coisas mais, o HTC Flyer é, sem dúvida, uma opção interessante. Está disponível nas versões 16Gb Wi-Fi (260 euros a 18/04/2012) e 32GB 3G + Wi-Fi (389 euros a 18/04/2012).

 

Num aspeto a HTC está de parabéns: aventurou-se num território desconhecido para trazer até nós um tablet Android.

Depois do seu sucesso nos smartphones tenta abrir espaço, neste mundo que também é móvel e que está ali tão perto, mas embora seja, tão diferente e tão específico.

Verdade seja dita, a HTC construiu nos últimos anos uma boa reputação no mundo dos smartphones, com uma sucessão de funcionalidades interessantes e com um aspeto cuidado e cativante.

Por isso, o passo que estar a dar em direção aos tablets Android faz todo o sentido e até é natural que o faça.

Mas, como vamos ver, se existiam dúvidas de que a HTC conseguiria disponibilizar um tablet Android interessante e que fosse uma mais-valia, elas ficaram dissipadas.

Claro que, nem tudo é perfeito, e tem questões menos boas, mas o que é facto é que o saldo é positivo.

O HTC Flyer é um tablet Android de 7 polegadas e com sistema operativo 2.3 Gingerbread.

Interessante, é observar que à medida que a grande maioria dos players desta indústria pensa em criar tablets de 10 polegadas para competir com o iPad, eis que a HTC opta por um de 7 polegadas.

Legítima opção, no entanto.

Mas, o questionável, é de facto a opção pelo sistema operativo Android na versão 2.3 Gingerbread.

A questão, é o facto da versão 2.3 do Android ter sido pensada para smartphones, e não para tablets.

Pode ser que no futuro possa ser atualizada esta versão. Tornaria este tablet Android, ainda mais interessante.

Mas, chega de conversa. Vamos analisar melhor este tablet Android HTC Flyer.

Em termos de software…

Vem com a versão 2.3 do Android, nome de código Gingerbread, que não é uma versão standard para tablets, como a 3.1 ou superior.

E como já saiu o Android 4.0 Ice Cream Sandwich, que vem preparado para smartphones e tablets, tornava-se ainda mais premente que existisse uma atualização de sistema operativo por parte da HTC.

No entanto, e devido ao software específico que trás por causa da Scribe Pen é natural que não venha existir.

Em cima do sistema operativo Android, acenta uma versão modificada do HTC Sense 2.1, que também pode ser encontrada no HTC EVO 3D e no HTC Sensation.

Esta dá-nos lockscreens costumizáveis, um carrossel que podemos configurar, e mais algumas opções que podemos definir na barra de notificações.

Além disso, e como já é normal num tablet Android, traz todas as aplicações típicas do Google, como o Gmail, Calendar, Gallery, Maps, Latitude, Navigation, Places, Talk, e claro, Marketplace.

E hardware?

Este tablet Android, que parece um HTC Sensation 4G em tamanho grande, tem um aspeto muito semelhante ao do Samsung Galaxy Tab, mas que, ao ter duas faixas em alumínio na parte de trás, faz lembrar o iPad.

Dispõe de um slot de expansão de memória microSD, e no topo tem uma entrada para auscultadores e um botão para ligar/desligar.

Ao fundo do ecrã pode-se encontrar o trio de botões típicos nos smartphones Android desta marca: home, menu e back.

Na parte inferior, também tem, uma porta Micro-USB de 12 pinos, compatível com o cabo que traz incluído para sincronismo USB e carregamento da bateria.

E aqui, até poderá assustar-se com esse número de pinos, mas a boa notícia é que é compatível com o normalíssimo cabo standard de 5 pinos Micro-USB.

Os pinos extra são apenas utilizados para os acessórios de áudio e vídeo disponíveis no mercado pela HTC, mas que é perfeitamente compatível com os de 5.

Um bom exemplo de estratégia para os demais fabricantes, que assim, podem manter as compatibilidades standard criando acessórios que trazem funcionalidades extras.

Tem 1 Gb de RAM e em termos de conectividade dispõe de ligações WLAN/ Wi-Fi, Bluetooth v3.0 A2DP e MicroUSB v2.0.

O seu ecrã de 7 polegadas permite uma resolução de 600 por 1024 pixeis, e vem com duas câmaras, uma à frente com 1.3 megapixéis e outra de 5 megapixéis atrás, que poderão ser bons aliados para enriquecer as suas notas digitais.

Traz também dois microfones para a gravação de áudio e vídeo.

Tem um processador de um core, o que deverá ser suficiente para aplicações normais, mas para aplicações que exijam um pouco mais de processamento, como os jogos, poderá não ser suficiente.

Em termos de bateria é anunciado oficialmente que aguenta entre 4 a 5 horas.

O que tem a seu favor?

{link:http://www.ubergizmo.com}Ubergizmo.com{/link}

Tem um tamanho reduzido, um factor a favor da mobilidade, e opcionalmente a compra da Scribe Pen poderá ser uma excelente ajuda para tirar notas ou para os seus filhos desenharem.

Pode ser carregado via USB, algo que é comum nos smartphones, mas raro nos tablets, portanto é um argumento a seu favor, dada a grande quantidade de cabos USB que populam os nossos dias.

O argumento (opcional): Scribe Pen

{link:http://www.mobilemag.com}Mobilemag.com{/link}

Hoje em dia, só em casos muito especiais é que nos sentimos à vontade em afirmar que os tablets são uma boa ideia como ferramenta de trabalho.

À exceção de situações em que são desenvolvidas aplicações para profissionais, que pretendem introduzir ou visualizar informação, sempre em movimento, os tablets são essencialmente dispositivos indicados para usufruir de momentos de lazer, pautados pela multimédia, jogos e comunicações móveis básicas.

Mas, à medida, que se vão tornando mais poderosos e com aplicações mais complexas, as suas potencialidades vão também evoluindo, e vão assim, com naturalidade, abrangendo um número, cada vez maior, de situações.

Querem assim, tornar-se uma melhor ferramenta de ajuda à produtividade.

Nesta questão, este tablet Android HTC Flyer, é bastante interessante já que poderá comprar opcionalmente uma pen física, de nome Scribe Pen.

Depois, com a ajuda do software proprietário da HTC, de nome Scribe Technology, a HTC pretende que consigamos uma melhor experiência, quando utilizarmos este tablet para tarefas de produtividade, como para por exemplo, tirar notas.

Em teoria, esta abordagem poderá ser útil para estudantes tirarem notas, gravarem e tirarem fotos das aulas, e para profissionais fazerem esquemas e desenhos sem recorrer ao papel. Tudo isto sempre em movimento.

No fim, e recorrendo a um software terceiro, o Evernote, toda essa informação é sincronizada entre os vários dispositivos que desejemos.

Uma ferramenta de recolha que poderá ser uma opção a considerar, já que é um tablet que traz uma ferramenta sofisticada para apontar notas e adicionar notas a documentos.

Apesar de poder ser um problema, nós adaptarmo-nos a escrever em algo que tem uma dimensão inferior a uma folha A4, as vantagens em comparação com outros dispositivos móveis, por exemplo o Samsung Galaxy Note, existem.

Relativamente ao Samsung Galaxy Note este tablet Android tem um tamanho superior, e traz um software de apoio à sua utilização.

E o que é facto, é que poderá permitir que tiremos notas, que ao invés de ficarem em papel ficarão em formato digital, o que para além de ser mais ecológico, poderá até ser mais fiável e fácil de pesquisar.

Sabe quem poderá gostar dele? Os seus filhos…

É verdade.

Caso opte por comprar a caneta física, a Scribe Pen, esta poderá ser uma ferramenta interessante para os seus filhos desenharem.

É muito mais confortável para eles de pegar, do que um iPad, que é muito mais maior e desajeitado de segurar nas mãos.

Notas finais…

O tablet Android HTC Flyer está inserido num mercado de grande competitividade mas, é sem dúvida, uma boa opção para quem quiser comprar um tablet Android.

Com 7 polegadas, o seu tamanho (pouco mais de metade de um iPad) e peso parecem ser um bom equlíbrio a favor da mobilidade.

Parece ser um tablet que tem mercado, existindo com certeza um grupo de utilizadores que irão gostar das suas funcionalidades. Se for esse o seu caso, apenas terá de analisar quais serão as suas, e de que forma o HTC Flyer as poderá colmatar.

A mobilidade, melhorias de interface (já imagem de marca da HTC), a opcional Scribe Pen que poderão abrir os horizontes de quem gosta de tirar notas em papel, e o suporte para Adobe Flash, são tudo argumentos a seu favor.

A partir daí é tirar o máximo partido dele.

O que seria interessante era que a HTC no futuro permitisse a atualização do sistema operativo para o Android Honeycomb.

Refira-se que há rumores que a HTC está a preparar-se para lançar um tablet de 10 polegadas. Vamos esperar para ver se, de facto é verdade.

Se calhar, até estará dependente sucesso deste HTC Flyer.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Texto escrito de acordo com o novo acordo ortográfico.

Tags: , , , ,

Deixar um Comentário

Smartphones Android - As Nossas Escolhas

Análise ao LG G Flex – o ecrã curvo, será o futuro?

lg g flex ecrã curvo

Análise ao HTC One M8 – A sequela está de volta!

smartphone htc one m8

Análise ao OnePlus One – o smartphone redefinido

smartphone android oneplus one

Análise ao Samsung Galaxy S5 – O que precisa de saber

samsung galaxy S5 em branco

Samsung Galaxy S5 vs iPhone 5S

iphone 5S e Samsung Galaxy S5

LG G2: A LG Regressa À Boa Forma

smartphone lg g2

BQ Aquaris 5 Dual SIM – O phablet da espanhola BQ

imagem do bq aquaris 5

Samsung Galaxy Note 3 – O phablet do momento

phablet samsung galaxy note 3

Sony Xperia Mini: Quando O Tamanho Não É Tudo

Sony Xperia Mini EM Branco

Sony Xperia L: Quando A Beleza Não é Tudo

smartphone sony xperia L

Samsung Galaxy Express: Mais Um Líder De Mercado Ou Um Flop?

smartphone galaxy xpress

HTC One: Uma Autêntica Maravilha Tecnológica

smartphone HTC One