Honda, Nissan e Mazda recolhem milhões de veículos por problema no airbag

reuvenim / Flickr

-

A Nissan e a Mazda anunciaram esta segunda-feira a chamada à revisão de milhares de veículos devido a um problema no airbag, o mesmo que levou a Honda a ordenar a retirada de mais de 2 milhões de viaturas em todo o mundo.

A Honda Motor chamou à revisão mais de dois milhões de veículos em todo o mundo, produzidos entre agosto de 2000 e dezembro de 2005, devido a um defeito no sistema de airbag da mesma natureza daquele que obrigou a rival Toyota a ordenar, no início do mês, a recolha de um total de 2,27 milhões de viaturas, incluindo mais de 150 mil veículos na Europa dos modelos Civic, Stream, Fit/Jazz e CR-V.

A seguir ao aviso da Honda Motor, os construtores automóveis Nissan e Mazda também ordenaram a retirada de milhares de veículos em todo o mundo.

A Nissan chamou à revisão 755 mil viaturas, das quais 128 mil no Japão (X-Trail e Teanna), 228 mil na América do Norte (Infiniti FX35, Pathfinder e Cube) e sete mil na China, mas não forneceu para já informações aos consumidores europeus.

A Mazda ordenou o regresso à oficina de 11.832 veículos no país e 147.975 noutros pontos do mundo – incluindo 90.259 na Europa – de acordo com os dados facultados pelas porta-vozes dos dois construtores automóveis, referindo-se a modelos como RX-8 e Mazda6.

A japonesa Takata indicou que a sua subsidiária nos Estados Unidos é que fabricou o airbag, cujo defeito em causa é passível de originar um incêndio, e pediu desculpa pelo problema, prometendo envidar todos os esforços para evitar que o caso se repita.

De acordo com as contas do site Automotive News, já quase 10 milhões de veículos foram chamados à revisão nos últimos 5 anos para resolver problemas com os airbags da Takata. Em 2009, houve duas mortes ligadas a falhas do airbag em veículos Honda nos EUA, e a empresa assume que foi comunicada de mais 41 casos de airbags rompidos, sem feridos.

ZAP / Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here