Indiano cria talheres comestíveis para evitar produção de lixo

(dr) Bakey's

-

Inventor criou uma linha de talheres comestíveis e biodegradáveis com o objetivo de reduzir a grande quantidade de lixo produzida com os de plástico.

Canela com gengibre, cenoura com beterraba ou até mesmo pimenta preta. São várias as combinações de sabores desta linha de talheres comestíveis, chamada Bakey’s, que pretende reduzir a produção de lixo.

A ideia partiu de Narayana Peesapaty, um inventor de nacionalidade indiana que está farto de ver a grande quantidade de talheres descartáveis a destruir o planeta.

Estima-se que estes talheres demorem cerca de 450 anos para se decomporem na natureza e, só na Índia, são deitados fora cerca de 120 mil milhões por ano, segundo o The Telegraph.

Feitos à base de arroz, trigo e jowar – uma espécie de cereal indiano -, os talheres estão disponíveis em vários sabores e têm um prazo de validade de três anos.

Além disso, podem ser uma boa opção para quem está de dieta, uma vez que não têm conservantes ou qualquer tipo de gorduras saturadas.

Podem ser utilizados em todas as refeições, desde pratos quentes e frios, para comer bolos ou gelados e até mesmo para acompanhar um chá ou um café.

Como a ideia é preservar o ambiente, estes talheres também têm a vantagem de serem biodegradáveis, ou seja, quando são usados mas não são consumidos demoram cerca de dez dias a decompor-se.

ZAP / The Greenest Post

|  Tempestades de inverno provocam escassez de bolachas no Reino Unido

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here