A moda dos carros autónomos chegou aos carrinhos de compras do Continente

Não é só nas estradas que os carros autónomos poderão simplificar-nos a vida, também nas lojas há muito por fazer e quem visitar o Contintente do GaiaShopping poderá ver já essa tecnologia em acção, com um carrinho de compras autónomo criado para facilitar a vida a clientes com mobilidade reduzida.

O wiiGo foi criado pela Follow Inspiration, startup portuguesa na área da robótica, em colaboração com a Sonae, e é um carrinho de compras autónomo que segue automaticamente o cliente

O carrinho de compras autónomo foi pensado para ser utilizado por pessoas em cadeiras de roda, idosos e grávidas, mas que no futuro poderá ser alargado a todos os clientes que prefiram fazer as compras sem se preocuparem com quem as carrega.

Nesta primeira fase,  até 23 de Setembro, o carrinho irá ser testado na loja do Continente do GaiaShopping, servindo para avaliar o seu processo de funcionamento em circunstâncias reais.

O teste servirá também para recolher informações sobre a reacções dos clientes, e como irão lidar com estes assistentes robóticos, que se irão tornar cada vez mais numerosos no futuro.

Será que, numa futura versão 2.0, poderemos simplesmente dar a lista de compras ao wiiGo, e ele irá sozinho buscar o que queremos, chamando-nos apenas quando é a altura de pagar?

E nesse caso, num futuro se calhar não muito distante, será até o nosso carro autónomo a levar sozinho até ao hipermercado (e trazer até casa) o nosso carrinho de compras… que se encarregará de ler a lista de compras da memória, carregar os produtos, e fazer o checkout na caixa com uma qualquer plataforma de pagamentos contactless…

(dr) Follow Inspiration

-

ZAP /  Aberto até de Madrugada

1 COMENTÁRIO

  1. Acho lamentável estarem a dar uma notícia referente ao Continente como inovador na utilização de carrinhos de compras autónomos, e apresentarem um video de um carrinho de compras num Intermarché.

    • Entre tanta coisa autónoma e maquinaria pra tudo, um gajo a fazer compras a partir do sofá, e sempre a inchar e agarrado a net, vai ser a loucura. As próximas manifestações serão todas a base de petições e no facebook. Ah espera, isso já é assim agora. Então não sei. Vamos dormir

  2. Será que estaremos definitivamente condenados à mesma submissão, estou-me a referir ao nome do carrinho como ao da empresa que o criou, se são realmente portugueses não teremos uma língua própria e que através dessas empresas a podermos dar a conhecer melhor ao mundo? Este é apenas mais um caso entre tantos que aparecem diariamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here