A REVOLUÇÃO EM TELEVISÃO: Quem irá liderar a mudança: 3D TV ou Smart TV?

Não restam dúvidas que a abordagem ao entretenimento e conhecimento tem vindo a alterar-se, largamente, na última década. E a forma como vemos televisão não é excepção. Tal como os telemóveis têm evoluído de forma sem igual, nos últimos anos, tendo a venda de smart-phones um crescimento exponencial, bem como os tablet pc’s, também a televisão tem sido alvo da introdução de novas tecnologias que têm alterado a nossa experiência frente ao écran.

 

É o caso da 3D TV e da Smart TV. Mas afinal do que se trata? A televisão 3D é uma tecnologia que recria a experiência de visualização dos gráficos apresentados, através da utilização de uma terceira dimensão, que permite atribuir profundidade ao que estamos a assistir. A visualização, na maior parte dos casos, é realizada através da utilização de uns óculos 3D, e para formatos vídeo/tv que estejam compatíveis com a tecnologia.

No caso das Smart TV’s a televisão ganha uma nova dimensão, através conjugação de características, tradicionalmente, ligadas aos PC’s, de navegação na Internet, aplicações, video on demand, etc. Através de dispositivos acessórios que podem ser ligados a uma televisão tradicional, ou mais recentemente, através dos televisores que as diversas marcas têm vindo desenvolver e a comunicar, a experiência televisiva passa a ser “inteligente” e controlada interactivamente. É o espectador que, a qualquer momento, define se pretende visualizar televisão, ou navegar na Intenet, actualizar páginas Facebook e conversar com amigos, enquanto está a visualizar o programa de televisão.

Com a explosão de novos aparelhos a serem lançados no mercado, como pensar na melhor opção e qual será o caminho que cada uma destas tecnologias irá traçar? Parece, também, indiscutível que a forma tradicional de visualizar televisão está a ser ultrapassada, mas não é consensual afirmar-se quem ganhará a batalha 3D TV versus Smart TV. Para já parece-nos que na integração das diversas tecnologias é que reina o segredo mais bem guardado.

3D TV – algumas vantagens

» Adquirir uma terceira dimensão na imagem cria uma nova experiência para o espectador, dando uma noção de envolvimento com o cenário na televisão, que é impossível de igualar.

» Maior imersão nos pequenos pormenores dos programas/filmes/ videos visualizados, através dos écrans 3D.

3D TV – razões da dificuldades no sucesso

Apesar de ser uma tecnologia com enorme sucesso nos grandes écrans, no caso da televisão doméstica existem diversas limitações para a introdução e massificação, na hora de escolher este tipo de aparelhos.

» Houve grande aposta a nível das diversas marcas no lançamento de televisões com a tecnologia 3D, mas não houve um acompanhamento, por parte da produção de conteúdos de relevância para este tipo de televisão. Sendo, ainda, uma tecnologia cara no desenvolvimento de raíz em 3D, a maior parte dos filmes são adaptações para este formato. Para além disso, poucos canais, em todo mundo, dedicam-se à transmissão de alguns programas neste formato.

» A altura de lançamento da tecnologia 3D também parece não ter sido a mais adequada. Com um espaçamento curto em relação aos televisores LCD e Plasma, os potenciais compradores que já haviam adquirido os seus aparelhos há poucos anos não irão facilmente aceder a esta tecnologia.

» A maior parte do equipamento 3D, por ser necessária a visualização através de óculos especiais, não permite uma experiência social, por exemplo, na visualização de um filme, tão agradável como a tradicional, uma vez que apenas os utilizadores de óculos conseguirão ver o filme, para além dos custos destes acessórios. Os nossos dispositivos já irão colmatar esta dificuldade.

» Após o lançamento diversas notícias de especialistas que alertavam que este tipo de televisão poderia afectar a saúde, causou alguma desconfiança nos potenciais clientes.

SMART TV – principais vantagens

» o entretenimento passa a estar acessível em qualquer lugar e de forma simplificada, podendo estar a desfrutar de horas de divertimento sentado no sofá, e realizando diversas acções ao mesmo tempo.

» a sincronização entre a sua televisão, smart-phone e computador, permite ao espectador aceder a todas as informações ao mesmo tempo, sem preocupações.

» As Smart TV’s passam a ser uma espécie de Iphones ou tablet PC’s “gigantes”. Com esta nova forma de acesso ao entretenimento e conhecimento e o desenvolvimento de soluções alicerçadas à Apple ou Android da Google, as aplicações que está habituado estarão ao alcance do seu comando, sem sair do sofá.

SMART TV – principais dificuldades no sucesso

» a tecnologia ainda se encontra em desenvolvimento, diversas opções começam a ganhar forma, como a Google TV através dos televisores Sony, ou Smart TV da Samsung, mas o caminho “só agora começou”, sendo de esperar que softwares, aplicativos e forma de navegação irão alterar, um pouco, nos próximos tempos, sendo a grande tendência nas principais feiras da área.

Em Conclusão

Muitas são as para já, sendo necessário estarmos atentos a um conjunto de questões que irão pairar o desenvolvimento destas tecnologias: que tipo de software irá assumir-se como “rei”? Na eterna batalha Google vs Apple quem sairá com a liderança? Será melhor adquirir televisores “inteligentes” ou acessórios extra com as funcionalidades de conteúdo Smart TV? Concluímos que, certamente, não será uma batalha, pois a guerra será ganha pela integração duas tecnologias.

E você? Qual é a sua opinião? Deixe-nos o seu comentário.

Categoria:Notícias

Etiquetas:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigo por: Cláudia Ferraz