Smartphones ‘low-cost’ irão duplicar vendas anuais até 2016


Foto: BGR


A crise económica e o aumento da oferta vão ter influência direta no mercado mundial dos smartphones. Estes fatores contribuirão para que o mercado emergente, até 2016, seja o dos smartphones com preço inferior a 150 dólares, conforme demonstra o último estudo da NPD Display Search.

Os dados revelados demonstram que a tendência, desde 2010, prevê que o crescimento anual de smartphones de baixo custo duplique anualmente durante os próximos quatro anos, especialmente na Ásia e na Europa.

Na dianteira das empresas que produzem smartphones económicos estão a Nokia, a ZTE, Meizu, Lenovo e a Xiomi, as quais oferecem telemóveis inteligentes com preço inferior a 200 dólares e que permitem ao utilizador ter acesso à Internet, ecrã tátil e câmara fotográfica.

A região Ásia-Pacifico é a que liderou, com mais de 50 milhões de envios de dispositivos, este ano, seguida pela América latina e pela Europa oriental. A maioria dos fornecedores de componentes e fabricantes encontram-se localizados na Ásia, o que permite a redução de custos para os smartphones expedidos para o mesmo continente.

“A maioria dos assinantes de telefones móveis em todo o mundo não se pode dar ao luxo de, sobre os seus planos de serviço, gastar mais de 200 dólares num smartphone”, disse Shawn Lee, diretor de pesquisa da NPD Display Search, no comunicado disponível no site da empresa.

O sistema operativo móvel mais popular para smartphones ‘low-cost’ é o Android, da Google, por ser de código aberto.

Categoria:Notícias

Etiquetas:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigo por: Andreia Montez