tagged

Conheça a Tagged, a terceira maior rede social da atualidade, saiba como é que ela se reinventou por forma a sobreviver e finalmente obter lucros e por último, conheça os seus aspetos positivos e os negativos.

 

O Início e a Reinvenção

O Tagged surgiu sensivelmente na mesma altura que o Facebook, e tal como o seu grande concorrente é baseado nos Estados Unidos.

Os seus fundadores, Greg Tseng e Johann Schleier-Smith, pretendiam criar uma espécie de “Yahoo para adolescentes ou a próxima MTV”.

Desta forma, o Tagged concentrou-se inicialmente nos adolescentes norte-americanos.

Em 2006, mais uma vez na mesma altura que o Facebook, a rede social decide internacionalizar-se e expandir-se a nível mundial.

É nessa altura que o Facebook começa a ganhar um nível de popularidade crescente, muito a custo de novas funções como as aplicações.

O Tagged acompanhou o desafio, lançando características semelhantes.

Contudo, o crescimento da rede havia estagnado e os seus responsáveis, rapidamente perceberam que teriam que optar por outro caminho e definir outros objetivos.

Assim, em 2007, o propósito da rede passou a ser “ajudar as pessoas a fazer novas relações”, algo descrito como “descoberta social”.

Este conceito pretendia opor-se ao conceito tradicional de rede social, que tem por base a manutenção do contacto com quem já se conhece.

Assim, o Tagged conseguiu superar as dificuldades, e é hoje em dia, uma das redes sociais que regista um maior crescimento.

Está presente em 220 países e disponível em 18 línguas, possuindo mais de 100 milhões de utilizadores registados e rendimentos superiores a 32 milhões.

Um fator interessante, é que cerca de 80% dos membros do Tagged também utilizam o Facebook, o que prova que ambas as redes sociais podem coexistir de forma sustentada.

Em dezembro de 2011, o grupo que detém o Tagged comprou o hi5, adicionando assim mais 230 milhões de utilizadores ao total de membros das redes sociais do grupo.

Prós e Contras

tagged1

Começando pelos pontos positivos, o Tagged é uma das redes de maior crescimento na atualidade. Os perfis são altamente personalizáveis. Existe um vasto e crescente número de aplicações, incluindo algumas bastante populares como Mafia Wars ou Poker.

O grande ponto negativo do Tagged acaba por ser o seu comportamento em relação ao spam.

Esta rede social pedia acesso ao endereço de email e password do utilizador, por forma a ter acesso ao livro de endereços e enviar convites de forma repetitiva, a todos os que ainda não se encontravam na rede.

Este procedimento no mínimo questionável manchou de alguma forma a reputação do grupo e deu origem a vários processos em tribunal.

Processos que terminaram na obrigatoriedade de a empresa pagar avultadas somas de multa e concordar em alterar os seus procedimentos promocionais.

Existem outros aspetos negativos, como o design pouco user-friendly, que torna a navegação no site algo complexa.

Todo o design parece algo arcaico e amador, quando comparado com outras redes sociais da atualidade.

O processo de registo também é algo questionável no que diz respeito à privacidade do utilizador.

Por último, um reparo para a tradução para o nosso português (de Portugal), que revela algumas gralhas, que são inadmissíveis num projeto desta amplitude.

Apesar de tudo…

Apesar do seu grande crescimento e da sua capacidade para se reinventar e sobreviver no mundo difícil e altamente competitivo das redes sociais, o Tagged continua revelar grandes carências.

Aspetos como o design, funcionalidade, e até a interação entre a comunidade continuam em patamares inferiores aos da sua concorrência.

Se a isto juntarmos os procedimentos pouco éticos no que toca ao envio de spam, e outros aspetos como anúncios algo duvidosos e a presença de bots de spam, então fica claro que o Tagged continua vários passos atrás.

Deixe-nos o seu comentário

O que pensa desta rede social? Já a experimentou?

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Veja abaixo (canal WatchTheDaily) o vídeo onde é entrevistado um dos fundadores desta rede social.

Texto escrito de acordo com o novo acordo ortográfico.

Tags: , ,

Junto à praia há mais tempo para escrever e até a tecnologia ganha outro colorido e outra vivacidade. Encontram-me por aqui, sobretudo a escrever sobre as novidades do mundo Android.

3 Respostas Subscrever respostas

  1. cassiano muniz 12 de Dezembro de 2012 em 21:51 #

    Eu uso o tagged , gosto muito , também tinha conta no facebook , mas deletei , não suportava mais aquele tal de memes (ou sei lá como se chama isto ) e os comentário idiotas e impertinentes das crianças de 15 anos , no começo parecia legal e fui aceitando bastantes convites , mas percebi que estava entupido de crianças , não só o meu , mas de muitos amigos , ai deletei essa merda , unica coisa que sinto saudades do facebook que ainda não tem no tagged , são albuns de fotos , mas no geral é bem legal

    • Lourdes andrade 24 de Fevereiro de 2014 em 23:02 #

      Eu gosto muito do Tagged!Apesar que tem uns tarados….mas é só deletar.
      Acho mais rico em design comparando com Facebook que é feio.
      Mas tenho facebook também.Em segurança não tive problemas no Tagged.
      Gosto também do Google…mas os add ñ se interage muito.

  2. Mauriux 16 de Março de 2014 em 1:40 #

    tenho um perfil de 2007 mais não consigo deletar porque esqueci o email o que fazer???

Deixar um Comentário

Smartphones Android - As Nossas Escolhas

Análise ao HTC One M8 – A sequela está de volta!

smartphone htc one m8

Análise ao OnePlus One – o smartphone redefinido

smartphone android oneplus one

Análise ao Samsung Galaxy S5 – O que precisa de saber

samsung galaxy S5 em branco

Samsung Galaxy S5 vs iPhone 5S

iphone 5S e Samsung Galaxy S5

LG G2: A LG Regressa À Boa Forma

smartphone lg g2

BQ Aquaris 5 Dual SIM – O phablet da espanhola BQ

imagem do bq aquaris 5

Samsung Galaxy Note 3 – O phablet do momento

phablet samsung galaxy note 3

Sony Xperia Mini: Quando O Tamanho Não É Tudo

Sony Xperia Mini EM Branco

Sony Xperia L: Quando A Beleza Não é Tudo

smartphone sony xperia L

Samsung Galaxy Express: Mais Um Líder De Mercado Ou Um Flop?

smartphone galaxy xpress

HTC One: Uma Autêntica Maravilha Tecnológica

smartphone HTC One

Sony Xperia Z: Finalmente Um Smartphone Sony de Topo

smartphone sony xperia z