Telemóveis conseguem ter mais bactérias do que sanitas

Estes dispositivos podem ter até 600 bactérias.

Segundo explicou Maite Muniesa, uma das responsáveis pela investigação do departamento de Microbiologia da universidade catalã, “uma superfície limpa não é o mesmo que uma descontaminada.

No que diz respeito aos telemóveis estes podem ter até 60 bactérias. O que representa 30 vezes bactérias do que as que se podem encontrar no assento de uma sanita. Além de que as bactérias neles encontradas são as mesmas de uma esponja usada para lavar uma sanita.

Uma das explicações apontadas para este facto é “as pessoas manipularem muitos objetos de cada vez e não desinfetarem as mãos devidamente”.

É ainda de salientar que o mesmo acontece com os brinquedos das crianças e os teclados de computadores.

Categoria:Notícias

Etiquetas:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigo por: Sara Guiomar