Produtos cosméticos para bebés têm ingredientes de alto risco

dontshoot.me! / Flickr

Um estudo revela que os produtos cosméticos para bebés contêm ingredientes de alto risco, passíveis de provocarem alergias e efeitos tóxicos.

A organização não-governamental Women in Europe for a Common Future (WECF) analisou 341 produtos cosméticos para bebés que estão à venda em França (e potencialmente na maior parte dos países da Europa, incluindo Portugal), em farmácias, parafarmácias, supermercados e lojas orgânicas.

Entre os produtos testados estão leites de limpeza, loções, champôs, produtos de banho, óleos, toalhitas de bebé, águas de limpeza e protectores solares, conforme refere a WECF num comunicado, onde frisa que encontrou ingredientes de “alto risco” em 299 produtos.

Entre estas substâncias estão um “alergénio de contacto (metilisotiazolinona)”, que é usado como conservador na cosmética e que provoca alergia, e que foi detectado em 19 produtos, incluindo sete marcas de toalhitas.

A WECF encontrou ainda um conservador suspeito de provocar efeitos tóxicos (fenoxietanol) em 54 produtos, incluindo 26 marcas de toalhitas, e perfumes ou fragrâncias em 226 produtos que implicam “riscos potenciais de alergias”.

Além destes ingredientes de alto risco, foram detectadas no estudo substâncias de “risco moderado” em 181 produtos, designadamente componentes para formar espuma (EDTA), componentes de sulfato (“Laureth” e “Lauryl Sulfate”), derivados do petróleo e nano-partículas, cujos efeitos não são ainda devidamente conhecidos.

Perante estes dados, a organização apela a que os três ingredientes de alto risco mencionados sejam “banidos de todos os cosméticos para crianças com menos de três anos” e que haja uma “restrição” no uso das substâncias de risco moderado.

A WECF ainda apela a uma melhor rotulagem dos produtos, notando que os alergénios de contacto devem estar devidamente identificados na composição dos produtos, de modo a que os consumidores percebam do que se trata.

Fica ainda o conselho da organização aos pais para que limitem ao mínimo o uso de cosméticos nos bebés e de que evitem os produtos perfumados.

SV, ZAP

1 COMENTÁRIO

  1. Que novidade realmente…Então se os produtos para bebé têm essas porcarias, imaginem os dos adultos.

    “Se não podes comer, não metas na pele” , tão simples quanto isto.

    Adultos, cultivem-se, leiam TODOS OS RÓTULOS e procurem saber o que é cada palavrão que lá está. Basta o google.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here