Transportes públicos vão aumentar em 2017

O preços dos transportes públicos vai ter uma subida de 1,5% em 2017. A revelação foi feita pelo secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, que garante, contudo, que as famílias “vão pagar menos” através de deduções fiscais.

Depois de em 2015 e de em 2016 não se terem verificado quaisquer aumentos, o governo vai avançar, em 2017, com uma subida de 1,5% no preço dos transportes públicos. Um dado avançado pelo secretário de Estado Adjunto e do Ambiente ao Jornal de Negócios.

José Mendes fala de um aumento em linha com a inflação e nota que será acompanhado de um conjunto de medidas que “esmagam” os efeitos da subida.

O governante explica que vai ser possível deduzir anualmente à coleta do IRS um valor equivalente a 100% do IVA gasto na aquisição dos passes mensais, que é de 6%.

“No deve e haver, para uma família com três elementos, a actualização tarifária dos passes Navegante resulta num aumento de apenas 18,9 euros, quando ao mesmo tempo a dedução à colecta vai significar um benefício de 75 euros. E se for um aluno universitário acrescem mais cerca de 100 euros”, explica José Mendes.

O governo “não pensou apenas num aumento da tarifa de 1,5% sem pensar noutras medidas para tornar mais acessível o transporte público”, acrescenta o secretário de Estado.

José Mendes revela ainda que os estudantes universitários até aos 23 anos poderão, a partir do ano lectivo 2017/2018, ter um desconto de 25% no valor do passe mensal, o que dará um desconto anual da ordem dos 100 euros.

ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here