Imagem da primeira página do Youtube Promoted Video Ads.

Já ouviu falar no Google AdWords? Trata-se da publicidade do Google para a pesquisa. Agora adicione-lhe som e vídeo. Passa a ser o Youtube Promoted Video Ads, em que permite que você possa publicitar os seus vídeos do Youtube, a quem pesquisa no Youtube. Ideal para si, para a sua empresa e clientes, já que o Youtube não é apenas um lugar para ver vídeos de gatos e músicas.

 

Atenção marketers, deverão olhar para o Youtube de forma cada vez mais séria, porque segundo algumas estatísticas recentes, o Youtube é o segundo motor de pesquisa do mundo da Web, atrás do Google e à frente da Yahoo. Um lugar impressionante.

Nos dias de hoje, milhões de utilizadores fazem imensas pesquisas no Youtube, e os planos do Google para o futuro deste gigante do vídeo na Web são ambiciosos.

Quer que o Youtube não seja só para as massas, mas cada vez mais especializada em Web TV e em dar conteúdos originais para nichos de mercado.

Mas, adivinhe só. Caso você e a sua empresa já lá estejam poderão aproveitar toda esta base de utilizadores. É só chegar primeiro e publicitar o que você faz, antes de todos os outros. É uma das formas de construir comunidade.

Para os publicitários, isto quer dizer que é preciso que, estes pensem em estratégias de forma cuidada, para que, por um lado criem vídeos que entusiasmem, e que as pessoas os vejam e partilhem, e que no fim tragam retorno para a empresa que os pagou.

Se assim não for, só irão, com certeza, conseguir arranjar alguém interessado uma vez.

Como funciona o Youtube Promoted Video Ads?

Estes anúncios funcionam da mesma forma que os do Google AdWords para a pesquisa de texto, sendo que a única diferença e que serão mostrados no Youtube e pretendem promover ao invés de websites, vídeos. Vídeos promovidos que irão surgir, dependendo da pesquisa que for efetuada, no topo ou à direita das páginas de resultados.

Assim, os publicitários poderão chamar à atenção para os seus vídeos e assim tentar angariar seguidores e audiência, e por último conversões.

Adicionalmente, com uma conta de Promoted Videos os detentores das marcas, publicitários ou marketers poderão adicionar uma camada extra à página do vídeo que poderão utilizar para redirecionar os utilizadores diretamente para o seu website.

Trata-se de tentar criar tráfego para os seus websites e esperar que assim sejam aumentadas as vendas, e dada a cada vez maior proeminência do Youtube nos dias de hoje, poderá ser uma aposta com cada vez maior retorno.

Dica 1 É essencial ter um canal

O primeiro passo, ainda antes de criar quaisquer tipo de anúncios é ter um Canal no Youtube.

Objetivo? Ter uma presença completa e sólida no Youtube, e desde as mais novas tendências como o Michel Teló com mais de 63 mil subscritores, até às mais evidentes como Barack Obama, todos cada vez mais marcam presença.

Na prática, é uma forma de mostrar a quem visita todos os vídeos que dizem respeito a esse assunto. E à imagem de um canal de televisão poderemos ver todos os vídeos seguidos, como se de programas se tratassem.

Dica 2 Não crie apenas um vídeo ou vários sempre iguais

Tente pensar “fora da caixa” e apresentar os seus produtos de forma dinâmica e divertida, mas evitando aqueles discursos demasiado artificiais e exagerados, típico de vendedor que impinge e parece dizer que o produto faz tudo e mais alguma coisa.

Não existe mal nenhum em fazer experiências, e criar vídeos com tutoriais, análises de produtos, testemunhos de clientes e vídeos publicitários. O princípio é não ter princípio.

Claro que, terão de ter uma temática comum, mas quanto mais dinâmicos sejam, mais interessante se torna o canal.

Dica 3 Contrate quem saiba o que está a fazer

É infelizmente comum, encontramos pessoas que dizem que fazem. Mas, saberá tão bem quanto eu, que de fazer até ficar feito vai uma grande distância.

Por isso, o melhor conselho que lhe posso dar é que contrate profissionais da área para trabalhar consigo. Pessoas com experiência e que tenham provas dadas.

Procure, por exemplo, por agências ou se preferir por freelancers.

O problema destes últimos, é que serão a escolha ideal caso tenha um orçamento curto e não esteja pressionado por prazos apertados. Caso contrário, a melhor coisa é optar pelo seguro, e contratar uma empresa que lhe garanta resultados.

Dica 4 Acompanhe desempenho e comentários

Acompanhe as visualizações e comentários que a comunidade irá fazer ao longo do tempo e caso sejam positivos invista algum tempo e dinheiro a promover o vídeo com anúncios.

Responda aos comentários de quem viu o seu vídeo e sentiu que tem algo para dizer. Interaja com a sua audiência. Faça com que eles sintam que você está disponível para ouvir o que eles têm para dizer.

E vá navegando noutras redes sociais para perceber o que vai sendo dito sobre si, sobre os seus vídeos e por consequência sobre a sua empresa.

No fim, todo esse trabalho, são formas de fortalecer a sua imagem junto das pessoas que o seguem. Por consequência irá também perceber o que resultou melhor (ou pior) junto do seu público.

Dica 5 Pense nas keywords

Tão importante, quanto o resto, é escolher as palavras pelas quais as pessoas procuram, e daí tornar o seu vídeo mais fácil de encontrar.

Pense sempre nas pessoas, e nas palavras que elas utilizam quando estiver a escolher os títulos, texto e etiquetas.

Isto sempre tendo em consideração que estas deverão refletir o assunto sobre o qual é o seu vídeo. Não tente adulterar e enganar os utilizadores, pelo que eles irão vingar-se, ao não confiar em mais nenhum dos seus vídeos no futuro.

Uma boa escolha de keywords pode significar a diferença entre ser encontrado ou não. Faça escolhas inspiradas nos princípios do SEO para a pesquisa.

Trata-se de utilizar as melhores keywords, ou palavras-chave, que também irão influenciar se o seu vídeo aparece ou não, nos Promoted Videos do Youtube.

Se já utilizou o Google AdWords, saiba que o Youtube Promoted Video Ads funciona num formato semelhante, em que as keywords são leiloadas e o Youtube irá mostrar quem tiver pago mais para a keyword que foi pesquisada.

Para ajudar ao processo, o Youtube disponibiliza uma ferramenta de sugestão de keywords que sugere keywords baseados na descrição do vídeo e demografia, bem como nos dá estatísticas de volume de tráfego para cada keyword, e para que assim possa ter uma noção de que keywords os visitantes tendem mais a utilizar.

Dica 6 Estabeleça um orçamento

À imagem do que acontece no Google AdWords e nas campanhas em pesquisas por texto, aqui também deverá estabelecer uma meta de conversão relacionada com o volume de tráfego expectável e respetivo investimento.

Naturalmente, todos esses valores irão indicar-lhe em que keywords vale mais a pena apostar e quanto é razoável pagar por clique.

Este deverá ser o primeiro passo, para que tenha uma real noção de que está a fazer um bom ou mau negócio.

Dica 7 Não seja entediante

Repare que o Youtube é uma rede social, e o destino de uma quantidade massiva de conteúdos – 38 horas em média de vídeos publicados por minuto – , onde os utilizadores vão para se divertirem, obterem informações, encontrarem clips de vídeo específicos, e quem sabe, de seguida até partilha-los.

Por isso, no meio de tanta coisa não é fácil chamar à atenção.

Se optarmos por uma presença cinzenta, normalíssima e igual aos demais, o mais provável é que os utilizadores que andarão por lá a navegar não irão achar muito interessantes os nossos vídeos.

Portanto, a criação de vídeos, que envolva a audiência e que lhes desperte interesse irá com certeza, posteriormente incentivar a que coloquem os seus vídeos noutros websites, e assim, exponenciar o seu alcance.

Não marque presença apenas…

Não pense apenas em marcar presença.

Nos dias de hoje, estamos repletos de concorrência feroz, e é cada vez mais importante termos uma presença relevante. Que se destaque dos demais. Que justifique às pessoas escolherem os seus produtos em detrimento de outros.

Para isso, deveremos ter uma estratégia, que analise o público-alvo e prepare conteúdos que sejam relevantes e úteis para eles. Não concorda?

Deixe-nos a sua opinião.

Vê com bons olhos num futuro próximo utilizar o Youtube Promoted Video Ads? Ou nem por isso? Porquê? Deixe-nos a sua opinião.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Fica aqui o vídeo de apresentação oficial deste produto Google para o Youtube. O Youtube Promoted Video Ads ou também conhecido como Google AdWords para vídeo.

Texto escrito de acordo com o novo acordo ortográfico.

Tags: , , , ,

Deixar um Comentário

Smartphones Android - As Nossas Escolhas

Análise ao LG G Flex – o ecrã curvo, será o futuro?

lg g flex ecrã curvo

Análise ao HTC One M8 – A sequela está de volta!

smartphone htc one m8

Análise ao OnePlus One – o smartphone redefinido

smartphone android oneplus one

Análise ao Samsung Galaxy S5 – O que precisa de saber

samsung galaxy S5 em branco

Samsung Galaxy S5 vs iPhone 5S

iphone 5S e Samsung Galaxy S5

LG G2: A LG Regressa À Boa Forma

smartphone lg g2

BQ Aquaris 5 Dual SIM – O phablet da espanhola BQ

imagem do bq aquaris 5

Samsung Galaxy Note 3 – O phablet do momento

phablet samsung galaxy note 3

Sony Xperia Mini: Quando O Tamanho Não É Tudo

Sony Xperia Mini EM Branco

Sony Xperia L: Quando A Beleza Não é Tudo

smartphone sony xperia L

Samsung Galaxy Express: Mais Um Líder De Mercado Ou Um Flop?

smartphone galaxy xpress

HTC One: Uma Autêntica Maravilha Tecnológica

smartphone HTC One