Volkswagen começa reparações em Portugal no "final de janeiro"

A SIVA, empresa importadora das marcas Volkswagen, Audi e Sköda, anunciou esta quinta-feira que “começará em janeiro” a chamada às oficinas dos 125 mil carros afetados pelas emissões poluentes. Trata-se de intervenções rápidas, mas ainda assim serão dadas “soluções de mobilidade” aos clientes.

A intenção é iniciar a implementação do processo “a partir do fim de janeiro por ondas sucessivas segundo o plano definido pelo grupo Volkswagen”, explica o administrador da SIVA, Fernando Monteiro, adiantando que “a ideia geral é que tal situação tenha o mínimo de inconvenientes para os clientes”.

Este mês vão começar a ser chamados os veículos com os motores 2.0 TDI das várias marcas afetadas. No segundo trimestre serão chamados os modelos equipados com os motores 1.2 TDI, estando previsto que no terceiro trimestre os proprietários dos veículos equipados com os motores 1.6 TDI sejam contactados para levar os carros aos concessionários.

Segundo Fernando Monteiro, trata-se de “operações simples em termos de tempo, mas estão previstas soluções de mobilidades para os clientes que assim o desejem”.

Há em Portugal 125.491 veículos afetados pela fraude cometida pelo grupo Volkswagen, segundo o relatório preliminar apresentado pelo grupo de trabalho criado pelo Governo. Dos veículos afetados, 102.140 mil são das marcas Volkswagen, Audi e Sköda e 23.351 da marca Seat.

Quando rebentou o escândalo, o executivo criou um grupo de trabalho para acompanhar o impacto da fraude da Volkswagen, mas não se sabe até ao momento se com o novo Governo socialista esse grupo de trabalho se mantém.

O grupo Volkswagen detém em Portugal a fábrica da Autoeuropa.

ZAP

|  Químicos de embalagens de fast-food podem passar para os alimentos

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here